COMÉRCIO

Imagine-se dentro de um supermercado. Ele tem vários corredores, e em cada corredor há uma variedade de produtos comestíveis para você escolher. Pense nessa variedade. Quais produtos chamam mais a sua atenção? Como você os compara? Como os diferencia?

Agora pense na classificação dos alimentos presente no guia alimentar. Qual dos grupos está mais presente ou mais saliente no supermercado? Que tipo de produto aparece mais na propaganda? Que tipo de alimento costuma estar em promoção? Como as crianças se comportam no supermercado? Dão escândalo porque querem os produtos mais trash ou pedem mais um maço de brócolis?

Pois é.

Por isso o guia recomenda: “Sempre que possível, faça ao menos parte das suas compras de alimentos em mercados, feiras livres, feiras de produtores e outros locais, como sacolões ou varejões, onde são comercializados alimentos in natura ou minimamente processados, incluindo os orgânicos e de base agroecológica. Outras boas alternativas, existentes em algumas cidades, são veículos que percorrem as ruas comercializando frutas, verduras e legumes adquiridos em centrais de abastecimento.”

“Dando preferência a produtores e comerciantes que vendem alimentos in natura ou minimamente processados e,
mais ainda, àqueles que comercializam alimentos orgânicos e de base agroecológica, você estará contribuindo para a sobrevivência e expansão deste setor da economia.”

 

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s